Esta é mais uma ferramenta que o SESCON/AM está disponibilizando para ajudar seu desenvolvimento profissional: a

BIBLIOTECA VIRTUAL.

Adquirindo o login e senha, você terá acesso ilimitado durante 30 dias.

Entre em contato conosco e saiba como funciona. 

Acesse: clique aqui 


ACESSO COM SENHA VIA WEB (SÓ FUNCIONA PARA QUEM POSSUI INTERNET ACIMA DE 5MB):

Associado em dia : R$ 100,00
 Não Associado: R$ 200,00
 

07/06/2018 10:59
Por: SESCONAM

GFIP: FENACON luta pela aprovação do projeto que anula débitos.

Se aprovado, PL 7512/2014 beneficiará as empresas representadas pelo SESCAP-PR

A Fenacon, Federação que representa o SESCAP-PR, está trabalhando para que o Projeto de Lei 7512/2014, que visa anular os débitos tributários por atraso na entrega da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social (GFIP), seja aprovado o quanto antes. O PL prevê a extinção das multas por atraso na entrega da GFIP do período de 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2013.

De acordo com o presidente do SESCAP-PR, Alceu Dal Bosco, esta é uma das lutas do Sistema Fenacon, que atua na defesa dos interesses dos empresários. “Estar ao lado do empresário, trabalhando em benefício da categoria nas esferas municipal, estadual e federal é uma das bandeiras do SESCAP-PR e da Federação. O empresário precisa se conscientizar que é por meio da representação e da união que se ganha vez e voz”, enfatizou.

O PL ainda está em discussão na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara Federal e também precisa ser aprovado pelo Senado Federal. “Estamos trabalhando para que o projeto de lei seja aprovado para, então, beneficiar as empresas que apresentam débitos de 2009 a 2013. Mas enquanto a matéria não for sancionada pelo presidente da República, não tem aplicação”, destacou o diretor político-parlamentar da Fenacon, Valdir Pietrobon.

O projeto estabelece a anistia para as empresas que apresentaram a GFIP em atraso, mas tenham entregue a Guia até o último dia útil do mês seguinte. “Quem não entregou ou entregou fora deste prazo estará descoberto pelo projeto de lei e terá que pagar as multas respectivas”, completou o presidente da Fenacon, Mario Berti. O que fazer se a empresa foi autuada e está sendo aplicada alguma multa no período de 2009 a 2013 (tema do PL 7512/2014)?

Cada empresa deve verificar o melhor caminho com o auxílio do seu representante legal ou advogado e então optar entre pagar, não pagar, recorrer administrativamente ou promover alguma ação judicial.

O PROJETO DE LEI VAI SER APROVADO?

A Fenacon trabalha pela aprovação da matéria, mas não pode dar garantias ou antecipar a aprovação. Isso depende do Congresso Nacional e do poder Executivo. Ou seja, optar por não pagar e esperar a aprovação do PL é um risco e a Fenacon não pode oferecer orientação neste sentido.

FONTE: FENACON

e-mail:
sesconam@fenacon.org.br

Rua Maria Quitéria (antiga Rua 09), nº 324, Conjunto Castelo Branco, Parque Dez de Novembro.
CEP 69.055-270. Próximo ao Banco do Brasil do Parque Dez, Manaus - AM
Tel: (92) 3234-1909 | (92) 3304-1257

 Developed by